“Crimes cibernéticos estão no radar da DPE”, afirma defensor em conversa sobre crimes contra idosos

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) participou, na última sexta-feira (24), de uma roda de conversa para tratar sobre crimes cibernéticos contra idosos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). O defensor público Marcelo Pinheiro participou do evento, falando da experiência com o projeto Defensoria Pública Digital.

De acordo com Pinheiro, que é coordenador do projeto, a pessoa idosa está cada vez mais vulnerável ao ambiente virtual, principalmente após o período pandêmico causado pela covid-19. “O mundo se virtualizou muito mais rápido com a pandemia e esses idosos foram lançados para esse ambiente virtual, muitos vezes sem preparo para isso. Eles não estão usufruindo o lado bom da internet, mas sendo vítimas por falta de uma educação apropriada para isso”, explicou ele. Entre os crimes mais comuns contra os idosos estão os financeiros, patrimoniais, físicos e cibernéticos.

Segundo o defensor, crimes cibernéticos também estão no radar da Defensoria. “Está no nosso radar porque a educação em direitos é uma das funções da DPE. E precisamos falar de educação em direitos para o mundo virtual, não só para esclarecer o que é a Defensoria, mas também para falar do nosso papel na tutela do idoso nesse novo momento”, acrescentou.

O evento foi realizado em alusão a campanha Junho Violeta, dedicado à conscientização do combate à violência contra a pessoa idosa. Além da DPE-AM, o Ministério Público do Estado (MPAM), a Polícia Civil e a Fundação Universidade da Terceira Idade (Funati) também participaram da roda de conversa.

Como denunciar

As denúncias de violência contra a pessoa idosa podem ser feitas pelo Disque 100 (Disque Direitos Humanos). O atendimento é realizado diariamente, 24 horas por dia, inclusive aos fins de semana. Denúncias também podem ser feitas pelo aplicativo Proteja Brasil (disponível para smartphones), delegacias da Policia Civil ou ainda pelo disque 190, da Polícia Militar do Estado.

TEXTO: Kelly Melo

IMAGENS: Divulgação

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
Skip to content