Defensoria prestigia homenagens ao ministro do STF Dias Toffoli, em Manaus

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas prestigiou nesta sexta-feira (03) a homenagem de entrega do título de Cidadão do Amazonas ao Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), José Antônio Dias Toffoli. Ele e a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, também foram homenageados com a medalha do Mérito Judiciário 2021.

O corregedor-geral da Defensoria, Marco Aurélio Martins, representou a instituição nos dois eventos, que contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Mauro Campbell.

O título de Cidadão do Amazonas foi concedido ao ministro pelos seus relevantes serviços prestados ao Amazonas, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM).

“Esse reconhecimento é importante porque o ministro Dias Toffoli é alguém que tem defendido a Amazônia em Brasília. E agora nós temos dois ministros com o olhar voltado para o nosso estado, para defender os interesses dos amazonenses também no Judiciário”, afirmou o corregedor-geral da Defensoria.

De caipira a caboclo

Em seu discurso, o ministro Dias Toffoli agradeceu pela homenagem. “Eu fico muito feliz de estar aqui. Para mim, essa homenagem é muito significativa e, por isso, eu quero agradecer ao povo amazonense. É um significado que nos enche de alegria e emoção. Eu nasci em Marília, no interior de São Paulo, sou caipira, mas agora também posso dizer que sou um caboclo nesse país que é lindo e plural”, completou.

Mérito Judiciário

Durante a tarde, o ministro do STF recebeu ainda a medalha do Mérito Judiciário 2021, a maior insígnia concedida pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Além dele, a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), juíza Renata Gil de Alcântara Videira, também recebeu a honraria.

“Me sinto honrada em receber essa homenagem, principalmente ao lado do ministro Toffoli. À frente da AMB, temos buscado levar para o Brasil e para o mundo a força do Judiciário brasileiro. E hoje eu recebo essa homenagem em nome de todos os juízes e juízas, porque eles são os verdadeiros merecedores”, afirmou a presidente da AMB.

A honraria tem a finalidade de laurear chefes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União e dos Estados; ministros; desembargadores; juízes; procuradores de Justiça; juristas eminentes; além de servidores e serventuários de Justiça que se destacaram no exercício de suas funções.

Texto: Kelly Melo

Fotos: Evandro Seixas/DPE-AM e Divulgação ALEAM

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
Skip to content